O círculo

Um círculo é um monte de coisas.

Cada um vê o que quer em um círculo, um exercício semiótico que em sua grande parte tem ligação com o emocional.

Mas para o matemático, o círculo é ∏ r².

Para o gordo, o cículo é uma rosquinha deliciosa.

Para quem se preocupa em não ficar gordo, o círculo é uma forma indesejada.

Para o tarado, o círculo é entrada.

Para o que sofre de diarréia, uma saída.

Para o poeta, é a representação da tendência das coisas a se repetirem.

Para o cientista, é um mistério.

Para quem vê dobrado, é um número 8.

Para quem bebeu antes de ver dobrado, é um descanso de copo com logotipo de cerveja.

Para quem gosta de terror japonês, é sinal de que alguém vai morrer em 7 dias.

Para o designer é estilo.

Para o estoquista, é pesadelo logístico.

Para o economista é moeda.

Para o jogador é ficha.

O círculo é muitas coisas para muita gente. Para algumas, a perda do círculo é algo desejado. Para outros é uma perda irreparável.

Hoje alguém entregou um círculo. O mais famoso, o que significa união. Talvez nunca receba de volta.

Perdeu. Morreu um pouco.

Nunca tinha pensado: o círculo para ele era tudo na vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s