Bipolar

Amor, estava pensando em você ontem à noite. Seu cheiro, seu toque, tudo me faz lembrar do quanto você precisa de um banho, sua imunda!! Deus me livre, já vi gente que fica um dia sem tomar banho, mas só tomar banho de sábado?!?! Vai se danar, tua pele parece seda persa: macia, cheirosa.

Lembrei daquele momento inesquecível nosso, aquele jantar com dança maravilhoso onde você só pisava no meu pé. Parecia uma aleijada dançando, desgaçada!!! Teu professor de dança é o Stevie Wonder?!?! Saí com o pé inchado de tanto pisão que levei dessa porra de pé que eu adoro tocar. Não bem, não sou um fetichista, mas seu pé é especial, tão lindo que dá vontade de fazer um chaveirinho com ele.

Sua mãe já melhorou do resfriado? Aquela velha escrota ainda não morreu de cirrose não? Fala sério, você diz que é resfriado, mas é a cachaça que vai matar aquele cancro!!! Ô velha mais adorável, principalmente quando estou como visita em sua casa. Adoro os biscoitos da sua mãe, me lembram mármore de carrara e o bolo formigueiro dela me lembra cocô de bode, tudo muito bem preparado, com sua mãe tendo todo o cuidado de enxugar toda a garrafa de 51 antes de fazer essas porcarias, com gosto de paraíso. Amor, se a gente casar, vamos poder ficar com o Fluf? Aquele cachorrinho é tão filha da puta que cagou no pneu do meu carro, com aquele jeitinho meigo dele, o rabinho abanando e a carinha que pede umas pauladas, especialmente por ser um cagão da porra. Se eu pego esse desgraçado de novo, eu vou cobrir ele de beijos e cafunés.

E seu irmão? Que figura mais bacana, às vezes penso que ele é tão bom que me pergunto se ele é viado. Nunca o vi com mulher, só anda com macho, e semana passada disse que ia para a Paulista na mesma hora da Parada Gay. Será que vocês não se ligaram que ele é um puta de um cara gente boa? Merece tudo de bom também. Enfim, é isso meu amor. Não importa o que aconteça entre nós, saiba que eu sempre vou te trair com todas as vagabas da minha rua, e que eu te amo muito. Espero que você reconsidere sua decisão inexplicável de me evitar, e que a gente se encontre para eu te dar umas bolachas na cara, para você aprender teu lugar piranha!! Seu amor que quer ver formiga saindo da tua boca no Tietê,

Patrício

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s